Vladimir Putin: "J. K. Rowling e Rússia são vítimas da 'cultura do cancelamento' ocidental"

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, acusou esta sexta-feira o Ocidente de tentar “cancelar” a cultura russa, incluindo as obras de grandes compositores como Pyotr Tchaikovsky, Dmitry Shostakovich e Sergei Rachmaninov, segundo a “Reuters”.

O líder russo Vladimir Putin fez uma referência improvável a J.K. Rowling no final do seu discurso.
Durante um comunicado televisionado na sexta-feira na TV estatal, Putin citou a criadora de Harry Potter, que foi criticada por declarações que fez relacionadas com questões transgéneros, como prova de que o Ocidente gosta de bloquear as pessoas. 
Putin disse que Rowling foi "cancelada" porque ela “não satisfez as exigências dos direitos de género”, acrescentando: “Eles agora estão a tentar cancelar nosso país. Estou a falar sobre a discriminação progressiva de tudo que tenha a ver com a Rússia”, e comparei a “cultura do cancelamento” aos nazistas quando tentaram queimar livros na década de 1930.
“lembramo-nos das filmagens quando queimavam livros”, disse Putin. “É impossível imaginar uma coisa dessas no nosso país e estamos seguros disso graças à nossa cultura. E é inseparável para nós, da nossa pátria, da Rússia, onde não há lugar para a intolerância étnica, onde há séculos representantes de dezenas de grupos étnicos convivem”.
O discurso de Putin ocorre mais de um mês após a invasão da Ucrânia e depois que várias empresas ocidentais interromperam as operações na Rússia e indivíduos e empresas russas enfrentaram boicotes globais.

Rowling, uma autora de renome mundial, viu-se envolvida em polémica depois que escreveu tweets interpretados como “transfóbicos”. A autora britânica usou a frase "pessoas que menstruam", evitando a palavra "mulher" com a qual a comunidade trans se identificava. Rowling gerou uma controvérsia em todo o mundo em junho de 2020 e depois esclareceu que a sua opinião foi influenciada em grande parte por suas experiências, pois ela é uma sobrevivente de abuso e tem preocupações com os indivíduos do mesmo sexo. Os ativistas dos direitos trans acusaram Rowling de tentar "diminuir a identidade" da comunidade trans.

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Porto vai instalar dois ecrãs gigantes para os jogos do Euro 2024
28/05/2024
Cinema rodado na Invicta apoiado pela Filmaporto
28/05/2024
U.Porto distingue Nobel da Física 2023 com Honoris Causa
28/05/2024
Município investe 4,65 milhões de euros para habitação na Rua Gisberta Salce Júnior
28/05/2024
Fluvial traz cinco medalhas da Regata Internacional da Amizade
28/05/2024
André Villas-Boas: “Continuaremos a ganhar consigo”
28/05/2024
Sérgio Conceição e família ergueram a Taça de Portugal no relvado de Alvalade
27/05/2024
Jardins do Palácio de Cristal acolhem a Festa da Criança durante três dias
27/05/2024
Porto vai instalar dois ecrãs gigantes para os jogos do Euro 2024
28/05/2024
Cinema rodado na Invicta apoiado pela Filmaporto
28/05/2024