UEFA distribui 4,6 ME pelos clubes da I e II Ligas Portuguesas

Os cerca de 4,6 milhões de euros (ME) do fundo de solidariedade da UEFA, para aplicar na formação, vão ser entregues aos clubes da I e da II Liga, segundo a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).
A FPF deu conta da distribuição de 4.578,61 euros pelos 31 clubes da I e II Ligas portuguesas que não chegaram às fases de grupos da Liga dos Campeões ou da Liga Europa na época 2020/21.
Cada emblema vai receber 147.701,97 euros, destinados a ser investidos na formação. FC Porto, Benfica e Sporting de Braga foram os únicos clubes aos quais não foram concedidas quaisquer verbas do fundo de solidariedade, uma vez que participaram nas fases de grupos das duas competições europeias.
Os ‘dragões’ disputaram a fase de grupos da Liga dos Campeões e chegaram aos quartos de final da prova ‘milionária’, enquanto ‘águias’ e minhotos estiveram nos grupos da Liga Europa, na qual atingiram os 16 avos de final, ao contrário de Sporting e Rio Ave, que caíram nas fases preliminares e, por isso, também vão receber as verbas provenientes do fundo de solidariedade da UEFA.
O montante do fundo de solidariedade da UEFA de 2020/21, que já tinha sido revelado em dezembro pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), é superior em cerca de 400 mil euros do que na época passada, quando foram repartidos perto de 4,187 ME por 29 clubes lusos, o que resultou num encaixe de 145 mil euros para cada emblema.

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Vinte e sete aprovam regras para reservas de gás na UE
29/06/2022
Amarante opõe-se a linha de Alta Tensão
29/06/2022
Portugal mantém os preços dos hotéis baixos
29/06/2022
Festival Jazz 2022 regressa em Julho com Ashley Henry, Alfa Mist, Jéssica Pina e GNR
29/06/2022
“Curtas de Vila do Conde” regressa com filmes em 30 locais
29/06/2022
Função pública. Governo e sindicatos voltam a discutir hoje valorizações salariais
29/06/2022
Linha do Norte. Protocolo de "alto nível" sobre passagens superiores previsto ficar concluído até ao final de julho
29/06/2022
Depois da insolvência como estará agora recuperar a empresa têxtil Coelima?
29/06/2022
Vinte e sete aprovam regras para reservas de gás na UE
29/06/2022
Amarante opõe-se a linha de Alta Tensão
29/06/2022