Turismo fluvial no Douro recupera 23% em 2021 face a ano difícil de 2020

A Via Navegável do Douro (VND) recebeu 279.151 passageiros em 2021, uma recuperação de 23,34% face a 2020, ano com quebras acentuadas devido à covid-19, segundo a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL).

Segundo dados disponibilizados pela gestora da VND, a APDL, no ano passado o turismo fluvial no rio Douro registou uma recuperação de 23% face a 2020, ano em que este segmento sofreu um duro golpe por causa da pandemia de covid-19 e se contabilizou uma quebra de 86,24% comparativamente com 2019.
Em 2021, viajaram na via navegável 279.151 passageiros, 160.897 (58%) dos quais em cruzeiros na mesma albufeira e noturnos, 74.438 em cruzeiros de um dia (27%), 33.307 em barcos-hotel (12%) e 10.151 (4%) em embarcações de recreio.
No ano de 2020, em que devido à pandemia de covid-19 as embarcações estiveram paradas entre março e junho/julho, transitaram no rio Douro 226.333 passageiros, menos 86,24% do que em 2019, ano em que viajaram naquela via 1.644.937 turistas, mais 26,92% do que em 2018.
De acordo com os dados da gestora da via navegável, em 2021 foram 98 os operadores com registo de atividade no rio Douro e 205 as embarcações que estiveram em operação, com uma lotação de 11.718 passageiros.
No ano passado, os melhores meses para o turismo fluvial foram agosto (21,2%), seguido de setembro (16,6%), julho (15%) e outubro (12,9%), tendo sido praticamente residual no primeiro trimestre.
Em 1990, com a inauguração dos 210 quilómetros da VND entre o Porto e Barca d´Alva, abriu-se uma porta ao turismo que foi, depois, consolidada em 2001 com a classificação do Douro como Patrimônio Mundial da UNESCO.
Quanto ao transporte de mercadorias na via navegável, segundo a APDL, no ano passado foram transportadas 20.545 toneladas, o que representa uma quebra de 50,32% face a 2020 (41.357 toneladas).
Em 2020, dos dois portos comerciais existentes no rio Douro (Sardoura e Várzea), só se verificou atividade no porto comercial da Várzea.
Em 2019, dos dois portos foram transportadas 44.706 toneladas de mercadorias, um crescimento de 32,15% face ao ano anterior.

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Encontrados dois cadáveres em alojamento local no Porto
27/01/2023
FC Porto começa "Champions" de hóquei com empate
27/01/2023
Sérgio Conceição: "Temos uma fome incrível de conquistar este título"
27/01/2023
Proposta de criminalização do consumo de droga “não é feliz”, defende membro do grupo municipal de Rui Moreira
27/01/2023
Defesa de Vale e Azevedo recorre para o Tribunal Constitucional contra contumácia
27/01/2023
Jovem de 19 anos morre em despiste de mota em Lordelo do Ouro
27/01/2023
Labirinto
27/01/2023
Clube dos Pensadores assinala 10 anos da presença de Miguel Relvas
27/01/2023
Encontrados dois cadáveres em alojamento local no Porto
27/01/2023
FC Porto começa "Champions" de hóquei com empate
27/01/2023