Trabalhadores dos consulados portugueses no Brasil perto da miséria

O presidente do Conselho Regional da América Central e do Sul do Conselho das Comunidades denunciou esta semana a “extrema pobreza” dos funcionários dos postos consulares no Brasil e apelou ao novo Governo português que resolva a situação.

Muitos trabalhadores consulares estão na extrema pobreza”, afirmou António Graça, acrescentado que está há “dois anos a receber promessas por parte do Governo e também por parte do Sindicato [dos trabalhadores consulares e das missões diplomáticas no estrangeiro]”
A situação precária decorrente da desvalorização do real face ao euro agravou-se agora com a subida exponencial da taxa de inflação no gigante sul-americano.
Impulsionada pelos combustíveis e alimentos, a inflação no Brasil cresceu 1,62% em março, a maior subida para o período em 28 anos, e acumulou aumento de 11,30% em 12 meses, anunciou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Na génese do problema está, contudo, uma decisão do executivo português tomada em 2013, que, em plena crise económica em Portugal, fixou que os vencimentos dos funcionários do quadro seriam pagos em reais (moeda corrente brasileira), a uma taxa de câmbio fictício de 2,63.
Contudo, ao dia de hoje, o euro está cotado a 5,07 reais.
Esta situação “já está agravada há bastante tempo”, disse o presidente do Conselho Regional da América Central e do Sul, esperando que este problema seja agora, finalmente, resolvido pelo novo Governo para que os funcionários do consulado possam receber “um salário digno”.

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Distinção do Aeroporto do Porto é "recado para a TAP, numa altura em que tudo corre mal em Lisboa"
26/06/2022
Sonae cria plataforma de emprego para ajudar refugiados ucranianos
26/06/2022
Filmagens do filme “Velocidade Furiosa” obrigam a cortes em vários troços da A24
26/06/2022
Hause Plants anunciam tour com mais de 15 datas em Portugal
26/06/2022
Livro “Norte com Tradição” apresentado este sábado
25/06/2022
Anulação do direito ao aborto nos EUA "interpela todo o mundo", diz Vaticano
25/06/2022
Reunião com enfermeiros não definiu retroatividade e negociações continuam
25/06/2022
Luísa Salgueiro: Câmara do Porto ficou "fragilizada e isolada" com saída da Associação Nacional de Municípios
25/06/2022
Distinção do Aeroporto do Porto é "recado para a TAP, numa altura em que tudo corre mal em Lisboa"
26/06/2022
Sonae cria plataforma de emprego para ajudar refugiados ucranianos
26/06/2022