Reza-se para Alá no centro do Porto

Foi na porta 233 da envelhecida rua do Heroísmo que nasceu a primeira “mesquita” da cidade invicta. O local costumava ser um ginásio – excecionalmente, aos sábados, o dono do espaço, também muçulmano, deixava que uns quantos religiosos se juntassem no rés-do-chão para rezar a Alá.

O Centro Cultural Islâmico do Porto foi o primeiro local de culto islâmico da região norte e “oficializou-se” nos anos 90. Inicialmente albergava dez famílias, diz o imã responsável pela mesquita improvisada, Abdul Kadr. Atualmente, reúne mais de 6 mil pessoas de várias nacionalidades.

À sexta-feira, dia sagrado, o antigo ginásio enche-se. No piso superior assistem à cerimónia os homens, enquanto no piso de baixo, numa sala isolada, reúnem-se as mulheres para praticar as suas crenças.

Apesar das diferenças culturais, a comunidade muçulmana integra-se cada vez melhor no Grande Porto. A maioria veio para Portugal à procura de emprego e melhores condições de vida, e rapidamente abraçaram a cidade e a cultura portuense.

No início, o grosso da imigração era de pessoas oriundas de Moçambique e Guiné. Com a globalização e a chegada do século XXI, houve um aumento exponencial de muçulmanos vindos de todas as partes do mundo.

Shazid Lodhia chegou a Portugal ainda em bebé quando os pais saíram de Moçambique após a independência da antiga colónia. Em entrevista ao Porto Canal, afirmou nunca ter sentido discriminação pela sua escolha religiosa. Aliás, sente-se “completamente integrado”, como qualquer outro português.

O imã do Centro Islâmico do Porto diz que cerca de “uma pessoa por semana” se “reverte” [converte] ao Islão. Abdul acrescenta que tal acontece devido ao facto de as pessoas “procurarem espiritualidade”, um bem-estar com eles próprios e “com o mundo”.

Abdul Kadr acredita que o projeto de uma verdadeira mesquita na cidade do Porto é possível, mas pode demorar: todos os pedidos feitos à autarquia, ao longos dos anos, tem caído na mesma resposta. “A obra ainda não foi avançada por falta de terrenos capazes de cobrir um projeto de tal dimensão”.

 

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Encontrados dois cadáveres em alojamento local no Porto
27/01/2023
FC Porto começa "Champions" de hóquei com empate
27/01/2023
Sérgio Conceição: "Temos uma fome incrível de conquistar este título"
27/01/2023
Proposta de criminalização do consumo de droga “não é feliz”, defende membro do grupo municipal de Rui Moreira
27/01/2023
Defesa de Vale e Azevedo recorre para o Tribunal Constitucional contra contumácia
27/01/2023
Jovem de 19 anos morre em despiste de mota em Lordelo do Ouro
27/01/2023
Labirinto
27/01/2023
Clube dos Pensadores assinala 10 anos da presença de Miguel Relvas
27/01/2023
Encontrados dois cadáveres em alojamento local no Porto
27/01/2023
FC Porto começa "Champions" de hóquei com empate
27/01/2023