Remessas da diáspora portuguesa foram as mais elevadas desde que existe o euro: 3.677 Milhões

Total atingiu quase os 3,7 mil milhões de euros, mais 1,8% do que no ano passado, mostram os dados do Banco de Portugal.

As remessas dos Portugueses na Diáspora cresceram 1,8% para bater o recorde desde 2001, chegando aos 3.677,7 milhões de euros em 2021, o melhor ano desde que há euro, de acordo com os dados do Banco de Portugal obtidos a partir das séries estatísticas do Instituto Nacional de Estatística.
Estes resultados representam uma média de 306,48 milhões de euros mensais.
Em termos dos países que mais contribuíram para este resultado histórico, a Suíça e a França destacam-se, como vem sendo habitual, valendo mais de 2 mil milhões de euros em remessas enviadas para Portugal.
Os Portugueses residentes na Suíça enviaram 1.051 milhões de euros durante o ano passado, ao passo que os residentes em França enviaram 1.023 milhões de euros para Portugal, com o Reino Unido e Angola a ocuparem o terceiro e quarto lugares na lista dos maiores contribuintes de remessas.

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Atletas de alta competição com apoio de 200 mil euros
12/04/2024
Prova de cicloturismo Porto-Gaia Granfondo vai para a estrada este domingo
12/04/2024
Pai e filha detidos no Porto por criminalidade organizada
12/04/2024
Torneio Patricius 2024 regressa ao Parque da Cidade
12/04/2024
Obras da estação do metrobus do Pinheiro Manso terminam no verão
12/04/2024
PSP constitui cinco arguidos em operação de combate à segurança privada ilegal
12/04/2024
Esta é a nova geração da Arquitetura portuense
12/04/2024
Município investe em projetos de inclusão social e combate à pobreza
12/04/2024
Atletas de alta competição com apoio de 200 mil euros
12/04/2024
Prova de cicloturismo Porto-Gaia Granfondo vai para a estrada este domingo
12/04/2024