Em
O Primeiro de Janeiro

7 Oct 2022, 0:00

138

Primeiro hotel-escola de cinco estrelas de Portugal é na Baixa do Porto

O The Editory Artist, fundado em 2014 na Baixa do Porto, é o primeiro hotel-escola português a ser reconhecido pelo Turismo de Portugal com a categoria de cinco estrelas, anunciou a unidade hoteleira.

“Ficámos obviamente radiantes, porque era esse o nosso objetivo, porque sempre sentimos que o hotel já o era [de cinco estrelas]”, declarou à agência Lusa Pedro Serra, diretor de operações do The Editory Artist, um “pequeno” hotel-escola com 17 quartos e um restaurante que personaliza os menus a cada hóspede, e que tem estudantes de hotelaria a estagiar nas suas instalações em contexto real.

O The Editory Artist tem uma equipa própria que depois é complementada com alunos da Escola de Hotelaria e Turismo do Porto, através dum protocolo com o Turismo de Portugal, onde os estudantes fazem estágios em contexto real e sem estarem "numa redoma”.

“Eles de facto estão num hotel, com uma política comercial, que está sujeito às críticas dos hóspedes, que está sujeito às redes sociais” e “eles lutam contra as dificuldades que por vezes surgem no atendimento ao cliente e que os faz depois crescer”, observou Pedro Serra, explicando que os estágios dos alunos podem ser realizados em várias áreas do hotel, seja na cozinha, na receção, pastelaria, limpezas, entre outras.

A “reclassificação” do hotel-escola de quatro estrelas para cinco estrelas acontece após a unidade hoteleira ter recebido mais serviços e de se realizarem diversos ‘upgrades’ em algumas áreas, mas Pedro Serra considera que o serviço personalizado que o The Editory tem vindo a desenvolver e a aprofundar nos últimos anos, com cada hóspede, é que faz a diferença daquela unidade.

“Quando montámos o hotel, em 2014, o objetivo foi sempre dar um serviço personalizado aos clientes. O hotel tem 17 quartos, ou seja, é um hotel pequeno e permite essa atenção redobrada e este trabalho de personalização com todos os clientes e isso foi trabalhado ao longo dos anos (…), e sempre fomos tendo um excelente ‘feedback’ dos clientes”.

Apesar de ser um hotel-escola e ter alunos a aprender e a treinar com alguns dos hóspedes, os clientes reconhecem o hotel como tendo um “excelente nível”.

“Isso dá-lhe [ao hotel-escola] também um carisma especial, porque [os hóspedes] estão a ver o desenvolvimento de novos profissionais”, justifica o diretor de operações.

Ser o primeiro hotel-escola de cinco estrelas em Portugal também ajuda os alunos num processo de candidatura futura, porque sabem o que é trabalhar no segmento ‘premium’ e ajuda-os a projetar e ao hotel a nível internacional, acrescenta.

O The Editory Artist Porto, localizado na Rua da Firmeza, trabalha em estreita articulação com a Escola de Hotelaria e Turismo do Porto (EHTP), que está integrada na rede de Escolas do Turismo de Portugal. A unidade recebe principalmente hóspedes estrangeiros franceses, ingleses e norte-americanos.

Antes de ser hotel, o edifício foi, no século XIX, a “Real e Imperial Chapelaria a Vapor”, tendo depois dado lugar, em 1927, à Escola Artística Soares dos Reis, referência no mundo das artes em Portugal.

 

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Moreira e Carneiro decidem futuro da discoteca Eskada Porto
25/09/2023
Bilhetes para a Luz à venda online a partir desta segunda-feira
25/09/2023
Detenção por roubo, sequestro e abuso de cartões bancários no Porto
25/09/2023
Universitários sequestrados e ameaçados com pistola à porta da discoteca Via Rápida
25/09/2023
Após polémica, Porto vai ter uma comissão para a arte pública
25/09/2023
Atletas de karaté apoiados pelo Município do Porto arrecadam medalha de ouro no México
25/09/2023
Receita de bilheteira da Torre dos Clérigos vai para Coliseu
22/09/2023
Apoio ao alojamento para estudantes deslocados sobe 120 euros no Porto
22/09/2023
Moreira e Carneiro decidem futuro da discoteca Eskada Porto
25/09/2023
Bilhetes para a Luz à venda online a partir desta segunda-feira
25/09/2023