Em
O Primeiro de Janeiro

4 Apr 2022, 0:00

57

Numa organização internacional EcoTrail chegou ao Porto

No dia 9 de abril de 2022 será dada a partida para a prova principal do EcoTrail do Porto, tornando Portugal no único país a receber dois eventos do circuito que trouxe o trail running para as cidades.

Numa organização do EcoTrail internacional e com toda a logística a cargo da Confraria Trotamontes, o EcoTrail está prestes a chegar ao Porto.
No sábado, dia 9 de abril, será dada a partida para a prova principal do evento. Às 07h30m, nas margens do Rio Douro, na povoação de Gramido do Concelho de Gondomar, partirão os atletas da prova de 80 quilómetros e 1.607 metros de desnível positivo.
Rapidamente os participantes irão seguir em direção ao centro de Gondomar onde de seguida ao longo das mais diversas linhas de água irão percorrer as Serras do Porto com passagem pelo concelho de Valongo (Serras de Santa Justa, Pias e Castiçal) e mergulhando nos vales do Rio Ferreira e Sousa.
Com passagem pelos moinhos de Jancido os atletas irão em direção às margens do Rio Douro, onde o irão atravessar na Barragem de Crestuma. Seguindo pela margem esquerda do rio em território do concelho de Vila Nova de Gaia até á Ponte do Infante, onde irão fazer a segunda e última travessia do Douro, para de seguida fazer uma viagem no tempo com um loop pelo casco medieval da cidade do Porto, seguindo em direção ao Freixo para terminar no mesmo local da partida em Gramido.
A prova dos 42 km com partida pelas 8.30 da manhã na povoação de Covelo seguirão o mesmo percurso dos 80 kms a partir dessa mesma povoação.
Os 21 km, com partida pelas 10, 30 da manhã no Parque Biológico de Gaia irá percorrer os primeiros quilómetros no seu interior até entrar no percurso do Rio de Febros até entrar no percurso comum às 3 corridas deste evento Ecotrail do Porto.O circuito EcoTrail
O EcoTrail nasceu em 2008, em Paris, “a partir de uma ideia um pouco louca de que era possível organizar uma corrida pela natureza num ambiente urbano” (Jean Charles Perrin, criador do conceito).
Em 2012, o EcoTrail iniciou a sua expansão para outras cidades, sendo Bruxelas, capital da Europa, a primeira anfitriã.
O conceito avançaria, em 2015, para duas cidades drasticamente diferentes: Oslo (Noruega) e Funchal (Madeira, Portugal). Ambos os destinos ajudaram a alargar o tipo de percursos disponíveis no circuito. O EcoTrail da ilha da Madeira ganha rapidamente fama de EcoTrail mais duro do mundo.
Depois veio Madrid em 2016 e Estocolmo e Reykjavik em 2017, aumentando novamente o número de destinos a descobrir.
Em 2018, dois novos destinos ingressaram no circuito: Florença e Genebra. Em 2019, a Família EcoTrail cresceu novamente e deu as boas-vindas a 3 novos EcoTrail: Wicklow na Irlanda, Chiang Mai na Tailândia e Putrajaya na Malásia. Em 2020, o conceito cresce novamente, desta vez no Médio Oriente, em AlUla, na Arábia Saudita.
2022 é o ano do EcoTrail apresentar o seu segundo evento em Portugal (Porto) e de trocar Madrid por Valência, em Espanha.

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Vinte e sete aprovam regras para reservas de gás na UE
29/06/2022
Amarante opõe-se a linha de Alta Tensão
29/06/2022
Portugal mantém os preços dos hotéis baixos
29/06/2022
Festival Jazz 2022 regressa em Julho com Ashley Henry, Alfa Mist, Jéssica Pina e GNR
29/06/2022
“Curtas de Vila do Conde” regressa com filmes em 30 locais
29/06/2022
Função pública. Governo e sindicatos voltam a discutir hoje valorizações salariais
29/06/2022
Linha do Norte. Protocolo de "alto nível" sobre passagens superiores previsto ficar concluído até ao final de julho
29/06/2022
Depois da insolvência como estará agora recuperar a empresa têxtil Coelima?
29/06/2022
Vinte e sete aprovam regras para reservas de gás na UE
29/06/2022
Amarante opõe-se a linha de Alta Tensão
29/06/2022