Maratona do Porto terá mais de 10 mil participantes de 66 nacionalidades

A vitalidade de uma das mais relevantes corridas de estrada do país volta a ser testada no dia 5 de novembro, domingo, no regresso a um percurso único que une novamente os três municípios da Frente Atlântico: Porto, Matosinhos e Vila Nova de Gaia. As novidades desta edição foram reveladas esta quinta-feira, 26 de outubro, no Salão Árabe do Palácio da Bolsa.

O arranque oficial da 19.ª EDP Maratona do Porto começou hoje e contou com uma plateia repleta de maratonistas como a campeã olímpica, Fernanda Ribeiro, Carlos Costa, Mónica Silva e Conceição Grare, a desportista sénior que participou em todas as edições desta prova de estrada.

Durante a apresentação do evento, a vereadora da Juventude e Desporto do Município do Porto, ressalvou o facto de esta corrida estar a “conquistar cada vez mais mulheres”, mesmo na prova principal de 42 quilómetros. Apesar de ainda não ter atingido os 50 por cento de participantes, há um número cada vez crescente de corredoras nesta prova com percurso homologado e certificado internacionalmente.

Para Catarina Araújo, a Maratona do Porto é muito mais que uma competição desportiva, é também uma prova “de turismo desportivo” e que, ao fim de quatro anos, volta a unir os três municípios da Frente Atlântica, conferindo um “enquadramento fantástico e único”. Neste contexto, não deixou de sublinhar ainda a presença da Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), já que, como enfatizou, “faz todo o sentido a presença desta entidade numa corrida que promove o território, de uma forma sustentável e saudável”.

O arranque da 19.ª EDP Maratona do Porto está marcado para as 08h00 junto ao Sealife, no Porto. São esperadas boas marcas dos maratonistas do continente africano, com destaque para os etíopes Alemu Gemechu e Dereje Aduagna, na elite masculina, e Genet Habela Abdurkir ou Sinke Dessie, na elite feminina. Mas tudo pode acontecer na corrida dos 42,195 quilómetros e aguarda-se com expectativa os tempos de desportistas como o russo Anton Tishankin, e ainda dos portugueses Carlos Costa, José Sousa, Mónica Silva ou Laura Silva. Refira-se que os atletas africanos estão a tentar os mínimos para a qualificação para os Jogos Olímpicos de Paris 2024, mas também há corredores portugueses que podem entrar literalmente na corrida para as olimpíadas.

 

66 nacionalidades representadas e mais de 10 mil inscritos

Além da prova principal composta por 42 quilómetros, como habitualmente, a Maratona do Porto não se subtrai à responsabilidade social. Na corrida de 10 quilómetros, a Family Race – Corrida dos Ossos Saudáveis, por cada inscrição, um euro reverterá para a Associação Portuguesa de Osteoporose. Já a Fun Race de 6 quilómetros é destinada a pessoas de todas as faixas etárias que queiram correr ou caminhar pela pura vertente do convívio e do desporto saudável.

 

A Maratona do Porto conta nesta edição com um total de 66 nacionalidades representadas e (35 países da Europa; 10 da América; 8 de África; 11 da Ásia; e 2 da Oceânia) e mais de 10 mil inscritos, “sendo que metade destes são estrangeiros, reflexo da boa imagem que esta corrida tem a nível mundial”, destacou Tiago Teixeira, da Runporto. A Maratona do Porto é uma corrida certificada, pertence à World Athletics e integra o calendário de provas oficiais da federação Portuguesa de Atletismo. 

 

Na conferência de imprensa de apresentação da edição deste ano marcaram ainda presença os vereadores de desporto das câmaras de Vila Nova de Gaia e Matosinhos, respetivamente José Guilherme Aguiar e Nuno Matos, assim como o vice-presidente da TPNP, Inácio Ribeiro, o diretor da Região Norte do Instituto Português do Desporto e Juventude, Vitor Dias e o presidente da Federação Portuguesa de Atletismo, Jorge Vieira.

 

 

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Cidade do Porto recebe meeting internacional de natação artística
23/02/2024
Promotor de estrutura na praia do Ourigo reclama indemnização de 1,7 ME
23/02/2024
Pioneirismo de médico portuense Barreto Guimarães destacado pelo The Guardian
23/02/2024
Remadores portuenses no Campeonato do Mundo de Remo
23/02/2024
Porto recebe Circuito Nacional de Escalada de Bloco
23/02/2024
Agenda do futebol de formação do Boavista FC
23/02/2024
“A história dele não é só importante no FC Porto, mas também no futebol nacional”
23/02/2024
Souto Moura assina megaprojeto imobiliário na antiga termoelétrica do Freixo
23/02/2024
Cidade do Porto recebe meeting internacional de natação artística
23/02/2024
Promotor de estrutura na praia do Ourigo reclama indemnização de 1,7 ME
23/02/2024