JMJ. Diocese do Porto tem inscritas 2.700 famílias de acolhimento de jovens

A Diocese do Porto tem inscritas 2.700 famílias de acolhimento de peregrinos para os “Dias na Diocese”, que antecedem a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que acontece em agosto, em Lisboa, anunciou esta sexta-feira o Comité Organizador Diocesano do Porto.

Estas famílias inscreveram-se voluntariamente para acolher nas suas casas jovens que, entre 26 e 31 de julho, participam nos “Dias na Diocese” do Porto.

Esta diocese vai acolher 16.212 jovens peregrinos de 61 nacionalidades, sendo que 3.644 vêm da Polónia, 11 do Quirguistão, 3.471 da França e três dos Emirados Árabes Unidos.

Destes 16.212 jovens, 7.500 ficarão alojados nas casas das famílias de acolhimento e os restantes permanecerão em diferentes espaços comunitários tais como instalações paroquiais ou escolas espalhadas pelo território da diocese, sublinhou o Comité Organizador Diocesano do Porto.

Em 14 de junho, a diocese do Porto tinha 1.600 famílias disponíveis para acolher jovens peregrinos e, numa mensagem publicada em vídeo, o bispo do Porto, Manuel Linda, apelava às famílias para disponibilizarem um “espaço nas suas casas” para receber os peregrinos.

“Vamos receber milhares e milhares de jovens estrangeiros que entre nós vão viver as chamadas pré-jornadas ou a preparação específica para a jornada de Lisboa e nós precisamos de os alojar em casas particulares porque nada supre aquele calor humano que se vai notar entre o que dá acolhimento e aquele que é alojado”, disse.

Manuel Linda pedia “vivamente” às famílias para que cedessem um “espaço nas suas casas” para receber dois, quatro ou seis jovens.

Os “Dias na Diocese”, que decorrem de 26 a 31 de julho em 17 dioceses de Portugal, correspondem à semana que antecede a Jornada Mundial da Juventude, sendo que depois desses dias os jovens partem para a JMJ, em Lisboa.

No Porto, está programado um encontro entre os jovens acolhidos e os da diocese no dia 29, no Parque da Cidade, onde será celebrada uma eucaristia com Manuel Linda e bispos dos peregrinos.

No mesmo local realizar-se-á um festival cultural e musical, com bandas e filarmónicas, conjuntos de bombos, fanfarras e ranchos folclóricos, bem como será exibido um “momento audiovisual” que retratará a história da JMJ.

Mais de um milhão de pessoas são esperadas em Lisboa para a Jornada Mundial da Juventude, com o Papa Francisco, de 1 a 6 de agosto.

O Papa, primeiro a inscrever-se na JMJ, chega a Lisboa no dia 2 de agosto, tendo prevista uma visita de duas horas ao Santuário de Fátima no dia 5 para rezar pela paz e pelo fim da guerra na Ucrânia.

Considerado o maior acontecimento da Igreja Católica, a jornada nasceu por iniciativa do Papa João Paulo II, após o sucesso de um encontro com jovens em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude.

As principais cerimónias da jornada decorrem no Parque Tejo, a norte do Parque das Nações, na margem ribeirinha do Tejo, em terrenos dos concelhos de Lisboa e Loures, e no Parque Eduardo VII, no centro da capital.

 

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Freguesia de Ramalde com melhorias do espaço público
3/10/2023
Porto marca presença no Fórum Mundial de Turismo Gastronómico
3/10/2023
60% dos portugueses reduziu gastos em saúde por questões económicas
3/10/2023
Trânsito na VCI provoca demoras de cerca de 10 minutos a veículos de emergência médica
2/10/2023
Passeio junta patins, bicicletas, skates e trotinetas pelas ruas da cidade
2/10/2023
Liga Pro Skate estreia-se no Queimódromo com etapa decisiva
2/10/2023
“Outubro Rosa” no porto com passeio de moto solidário
2/10/2023
Air Serbia abre voos sazonais para o Porto a partir de novembro
2/10/2023
Freguesia de Ramalde com melhorias do espaço público
3/10/2023
Porto marca presença no Fórum Mundial de Turismo Gastronómico
3/10/2023