Exercícios da NATO no Mar Báltico com presença reforçada

O medo da Rússia e o alastrar da guerra está sempre presente.

As marinhas dos Estados Unidos e de vários aliados da NATO começaram uma série de exercícios militares no mar báltico, uma prática comum, mas desta vez com contingente reforçado devido à guerra na Ucrânia. Esta é uma região na vizinhança imediata da zona em conflito, onde o medo da Rússia e de um alastrar da guerra está sempre presente.
O vice-almirante Eugene Black, comandante das forças norte-americanas, explica que "o exercício deste ano inclui mais 30% de participantes que no ano passado, com 45 navios e 76 aviões de 16 países, dos quais 14 são membros da NATO, e dois aliados próximos".
Aliados esses que são a Suécia e a Finlândia, que pediram a adesão à Aliança Atlântica, mas estão a ser boicotadas pela Turquia.

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Encontrados dois cadáveres em alojamento local no Porto
27/01/2023
FC Porto começa "Champions" de hóquei com empate
27/01/2023
Sérgio Conceição: "Temos uma fome incrível de conquistar este título"
27/01/2023
Proposta de criminalização do consumo de droga “não é feliz”, defende membro do grupo municipal de Rui Moreira
27/01/2023
Defesa de Vale e Azevedo recorre para o Tribunal Constitucional contra contumácia
27/01/2023
Jovem de 19 anos morre em despiste de mota em Lordelo do Ouro
27/01/2023
Labirinto
27/01/2023
Clube dos Pensadores assinala 10 anos da presença de Miguel Relvas
27/01/2023
Encontrados dois cadáveres em alojamento local no Porto
27/01/2023
FC Porto começa "Champions" de hóquei com empate
27/01/2023