"Comboio da Liberdade". Manifestantes franceses seguem para Bruxelas

O objetivo é passarem a noite em Lille, junto à fronteira com a Bélgica, antes de se dirigirem até à capital do país e da comunidade europeia, Bruxelas. No sábado, 100 manifestantes foram detidos pelas autoridades.

Muitos dos participantes na manifestação deste sábado, em Paris, o “Comboio da liberdade”, em protesto às restrições e vacinas contra a Covid-19, dirigem-se, este domingo, para Bruxelas, onde esperam participar, na segunda-feira, numa grande manifestação europeia.
Depois de terem perturbado o trânsito em alguns pontos da capital francesa, mas sem o conseguirem bloquear como pretendiam, muitos dos automobilistas, provenientes de diversos pontos do país, dirigem-se para norte.
O objetivo, segundo a agência de notícias EFE, é passarem a noite em Lille, junto à fronteira com a Bélgica, antes de se dirigirem até à capital do país e da comunidade europeia, Bruxelas.
É a forma de os manifestantes manterem o protesto contra as medidas adotadas para enfrentar a pandemia, em particular o passe de vacinação, obrigatório para aceder à maior parte dos lugares públicos em França.
A manifestação de sábado conseguiu ultrapassar as barreiras policiais e aceder aos emblemáticos Campos Eliseus que, durante uma hora, estiveram fechados ao trânsito.
Entretanto, a dura intervenção policial, que mobilizou 7.200 agentes, acabou por dispersar os manifestantes sem que se registassem incidentes significativos.
Meio milhar de pessoas foram multadas por participarem em manifestações proibidas e 100 foram presas, das quais 81 ainda estão nas esquadras, informou a autoridade de segurança.
A direção da polícia, que tinha proibido as manifestações no sábado garantiu que mantém o dispositivo policial durante o dia de domingo para o caso de voltarem a tentar bloquear os acessos à cidade de Paris.

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Distinção do Aeroporto do Porto é "recado para a TAP, numa altura em que tudo corre mal em Lisboa"
26/06/2022
Sonae cria plataforma de emprego para ajudar refugiados ucranianos
26/06/2022
Filmagens do filme “Velocidade Furiosa” obrigam a cortes em vários troços da A24
26/06/2022
Hause Plants anunciam tour com mais de 15 datas em Portugal
26/06/2022
Livro “Norte com Tradição” apresentado este sábado
25/06/2022
Anulação do direito ao aborto nos EUA "interpela todo o mundo", diz Vaticano
25/06/2022
Reunião com enfermeiros não definiu retroatividade e negociações continuam
25/06/2022
Luísa Salgueiro: Câmara do Porto ficou "fragilizada e isolada" com saída da Associação Nacional de Municípios
25/06/2022
Distinção do Aeroporto do Porto é "recado para a TAP, numa altura em que tudo corre mal em Lisboa"
26/06/2022
Sonae cria plataforma de emprego para ajudar refugiados ucranianos
26/06/2022