É na sequência da celebração do nonagésimo aniversário de Germano Silva que o Museu da Cidade inaugura Germano Arquivo, exposição patente na Casa do Infante até 16 de janeiro de 2022.
Esta é a segunda e muito relevante doação que Germano Silva, o jornalista, historiador e bibliófilo faz da ao Arquivo Municipal do Porto, da coleção que foi constituindo ao longo de setenta anos. Este ano, e por ocasião da celebração do seu nonagésimo aniversário, é novamente na Casa do Infante, mais precisamente no Gabinete do Tempo, que o Museu da Cidade lhe dedica a exposição Germano Arquivo. Construída coma sua cumplicidade, a exposição propõe descobrir os objetos mais singulares deste espólio, mas sobretudo permitir ouvir os relatos do colecionador na primeira pessoa e as curiosas histórias que deles emanam.
Germano Silva é um dos divulgadores mais conhecedores, acarinhados e entusiasmados da história e tradições da Invicta. Condecorado Doutor Honoris Causa pela Universidade do Porto.
São manuscritos, monografias impressas, correspondência recebida, cartazes, recortes de jornais, álbuns de fotografias, documentos dos mais raros aos mais inusitados e que ganham vida pela voz das partilhas do divulgador.
Germano Arquivo inaugura quinta às 18H30 com horário prolongado até às 20 horas e conta com a atuação do Rancho Folclórico do Porto e a sua presença.
A exposição estará patente no Museu da Cidade—Casa do Infante,  até 16 de janeiro de 2022, com entrada gratuita.