Conforme dados publicados pelo Observatório de Negócios Internacionais da Federação das Câmara Portuguesas de Comércio no Brasil – FCPCBR, a soma das trocas comerciais entre Portugal e Brasil até setembro deste ano, mais que dobrou em relação a 2019.
Segundo dados da FCPCBR, praticamente todo os produtos tiveram crescimento, com destaque para as vendas brasileiras de combustíveis (+132%) e soja (+65%) e as vendas portuguesas de azeites (+4%) e bebidas alcoólicas (26%).
As exportações brasileiras para Portugal alcançaram entre janeiro e setembro de 2021 os US$ 1,94 bilhões, um aumento de mais de 300 milhões se comparado ao mesmo período de 2020. Por sua vez, as exportações portuguesas para o Brasil movimentaram cerca de US$ 646 milhões, um crescimento de 13,6% em relação ao ano anterior.
Conforme indicado pelo presidente da FCPCBE, Eng.  Armando Abreu, os estados que mais se destacam durante este ano no comércio com Portuga são o Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso e Santa Catarina. Armando Abreu ressalta também, uma tendência inversa nas vendas portuguesas de aeronaves e suas partes que vêm decrescendo desde 2018, quando alcançaram o seu pico. De lá para cá, as vendas desse item saíram de US$ 117 milhões para US$ 65 milhões.
Segundo o coordenador do Observatório e sócio do APSV Advogados, Rômulo Alexandre, as exportações portuguesas de aeronaves e peças são estratégicas nas relações luso-brasileiras, fruto de um importante movimento de investimento da Empresa Brasileira de Aeronáutica S.A. – EMBRAER naquele país em 2004, quando adquiriu 65% da Indústria Aeronáutica de Portugal – OGMA. Além da OGMA, a EMBRAER detém duas subsidiárias em Portugal, a Embraer Portugal Estruturas Metálicas, S.A. dedicada à fabricação de peças e produtos metálicos para a indústria aeronáutica e a Embraer Portugal Estruturas em Compósitos, voltada para a fabricação de peças e produtos compósitos para a indústria aeronáutica.
O Observatório de Negócios Internacionais da FCPCBR é produzido em parceria com a Câmara Brasil Portugal no Ceará – CBPCE a partir de dados disponibilizados pelo Ministério da Economia do Brasil, e contém detalhes das relações comerciais com Portugal, inclusive com dados do comércio exterior de todos os estados brasileiros onde há Câmaras luso-brasileiras.