A Casa das Artes em Vila Nova de Famalicão vai acolher uma exposição que traça o “percurso pelo cinema” de Manoel de Oliveira, reunindo “material exposto pela primeira vez”, de forma a retratar a visão de Comunidade do cineasta.
O programador do “CLOSE-UP — Observatório de Cinema”, Vítor Ribeiro, explicou que a exposição “Manoel de Oliveira, A Comunidade”, que vai estar patente de 07 de outubro a 26 de janeiro de 2021, na Casa das Artes, terá como “foco” o modo como os filmes do realizador português “interrogam a amplitude e os contornos da noção de comunidade”.
Com curadoria de António Preto e montada através do acervo da Casa do Cinema Manoel de Oliveira — Fundação de Serralves, aquela mostra “parte de vários pontos de vista, a meio caminho entre a etnografia, a história, a sociologia, ou, ainda, a própria prática do fazer cinema”.
“Manoel de Oliveira, A Comunidade”, referiu o programador, “é uma espécie de antecâmara para o episódio 6 do ‘CLOSE-UP — Observatório de Cinema’, dedicado ao mote da Comunidade”, a decorrer em vários espaços da Casa das Artes, em Vila Nova de Famalicão, no distrito de Braga, de 16 a 23 de outubro.
O CLOSE-UP — Observatório de Cinema de Famalicão é uma iniciativa da programação da Casa das Artes centrada no cinema, sendo as edições contadas por episódios, cujo programa conta para já com dois filmes-concerto dos Sensible Soccers e Filipe Raposo, acompanhados da Orquestra Sinfónica Portuguesa.

Facebook
Twitter
Instagram