“Em Matosinhos não há debate de ideias e contraditório. É lamentável o Matosinhos Independente apoiado por um grupo de cidadãos eleitores ( GCE) sem intervenção dos partidos não estar presente no debate de hoje à noite do Porto Canal”, disse-nos o presidente do Matosinhos Independente.

Seria importante Joaquim Jorge questionar e exigir prestação de contas ao executivo da autarquia.

“O Porto Canal subsidiado pela autarquia faz o jogo do poder, em vez, de fazer o jogo da liberdade de opinião”, concluiu Joaquim Jorge.

Facebook
Twitter
Instagram