Já depois da fase de discussão — fechada ao público — da reunião do Infarmed, a ministra da Saúde, Marta Temido apresentou-se aos jornalistas para sintetizar algumas das conclusões para os temas discutidos durante a manhã.
“O próximo Conselho de Ministros terá por base uma situação de alguma esperança relativamente àquilo que é uma situação que ainda vivemos, a pandemia, mas a qual podemos perspetivar um regresso às nossas vidas se torna cada vez mais próximo e, como hoje foi discutido, preparar o Inverno”, aferiu Marta Temido.
Quase dois meses depois do último encontro, a sede do Infarmed, em Lisboa, voltou hoje a acolher mais uma reunião entre políticos e peritos.
Da epidemia a diferentes velocidades, aos planos para vacinar os adolescentes a partir de agosto, passando pela efetividade do tipo de vacina mRA e pela previsão de “um Inverno na qual a vida se pode aproximar muito daquilo que era antes”, os peritos deixaram a sua análise para aquilo que deve ser o caminho para o futuro. Ponto por ponto, recorde o que foi recomendado ao Governo e aquilo que deixou Marcelo Rebelo de Sousa “irritantemente otimista”.
“Tem sido fundamental conseguir mais vacinas, para prepararmos agora este próximo Conselho de Ministros com uma situação de alguma esperança relativamente a uma situação que ainda vivemos de pandemia, mas na qual podemos perspetivar a forma como o regresso às nossas vidas se torna cada vez mais próximo”, sentenciou.
Marta Temido rebateu ainda a tese de uma maior resistência à vacinação contra a covid-19 entre os mais jovens, ao citar o estudo hoje apresentado pela diretora da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP) da Universidade Nova de Lisboa, Carla Nunes.
“Por vezes temos a ideia de que são os mais jovens que mais reativos são à vacinação e o que hoje foi referido é que a hesitação vacinal está concentrada num grupo etário mais avançado, entre os 45 aos 60 anos”, indicou.

Marta Temido admite “abertura” para presença de público na Supertaça
A Supertaça Cândido de Oliveira, que vai ser decidida entre o campeão Sporting e o vencedor da Taça de Portugal Sporting de Braga, está marcada para este sábado, às 20:45, no Estádio Municipal de Aveiro.
“Em relação ao público nos eventos organizados em ambiente aberto, aquilo que ficou hoje referido pelos peritos foi que há, face a esta situação de aumento da vacinação, possibilidade de fazer essa abertura”, adiantou Marta Temido, contrapondo uma “maior restrição” para eventos que decorram em espaços fechados e citando a recomendação dos especialistas para um maior arejamento desses recintos.
A governante avançou também com a possibilidade de a decisão da Supertaça ser viabilizada “como um evento-teste”.
“É uma hipótese que está em cima da mesa. Ficámos mais confiantes e mais certos daquilo que eram as nossas perspetivas pelo que ouvimos nesta sessão.
Embora tenha aberto a porta ao regresso dos adeptos, Marta Temido evitou comprometer-se de forma definitiva sobre essa matéria e remeteu uma decisão para quinta-feira, quando se realiza o próximo Conselho de Ministros.
“Não sei exatamente o calendário desportivo, mas foi essa a recomendação que saiu hoje: eventos em espaço aberto, onde as pessoas se sentam e se organizam de uma forma coordenada e com respeito pelas regras, são possíveis”, finalizou.

Facebook
Twitter
Instagram