No passado domingo realizou-se a Escala Inaugural do navio World Navigator, que deixou o Porto de Viana do Castelo no Sábado, com destino ao Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões, para o embarque de passageiros, com destino à Grécia.
Este foi o primeiro cruzeiro pós-pandemia com saída do Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões e para celebrar a Escala Inaugural do World Navigator, realizou-se a habitual cerimónia de troca de placas, com a presença de Joaquim Gonçalves, Administrador da APDL, de Mário Ferreira da Mystic Cruises e das autoridades locais, assinalando a primeira escala do navio em Leixões.
World Navigator rumará à Grécia
Durante a tarde, relatou a APDL em comunicado, realizou-se o embarque dos passageiros, e, ao final da tarde, o World Navigator rumou com destino a Lisboa, fazendo ainda parte do itinerário, paragens em Gibraltar, Formentera, Ibiza e Capri, finalizando esta viagem inaugural em Atenas, na Grécia. Este exclusivo navio, de construção nacional, foi encomendado pela Mystic Cruises aos Estaleiros Navais da West Sea em Viana do Castelo.
Faz parte da gama Explorer e foi construído com base no código polar (classe de gelo), sistema de propulsão híbrida, encontrando-se- preparado para navegar nos mares gelados da Antárctida e do Árctico. Tem capacidade para acomodar 200 passageiros e 112 tripulantes, de acordo com os mais elevados padrões de qualidade e conforto.
Recorda-se que a APDL tem apoiado o desenvolvimento do cluster da indústria naval em Viana do Castelo, um sector que marca historicamente esta cidade. A empreitada de Aprofundamento do Anteporto e do Canal de Acesso aos Estaleiros Navais que representou um investimento da APDL de cerca de 20 milhões de euros, e a primeira fase de reparação e reforço do molhe Norte, num investimento de 2,1 milhões de euros, são disso exemplo.
«Após mais de um ano sem poder receber navios de cruzeiro, a APDL congratula-se com a retoma da actividade e por acolher a escala inaugural e o primeiro embarque do World Navigator, um navio de construção totalmente nacional», frisou a administração portuária, no comunicado.

Facebook
Twitter
Instagram