A segunda edição da Bienal de Fotografia do Porto realiza-se entre os dias 14 de maio e 27 de junho. Vai reunir 46 artistas em 19 exposições que decorrem em 15 espaços no Porto, um em Lisboa e três em ambiente virtual, todas de entrada gratuita.
Este é o ponto de partida da Bienal’21 Fotografia do Porto, que desafiou 16 curadores e 46 artistas nacionais e internacionais a mostrarem de que forma é que os sistemas humanos e naturais estão interligados e a refletirem sobre a interdependência entre as diversas esferas da vida, da ecologia à sociedade.
Sob a direção artística de Virgílio Ferreira, a Bienal’21 apresenta 19 propostas expositivas, em espaço físico e digital, e conversas públicas que exploram e confrontam ideias sobre o impacto das nossas ações no mundo em que vivemos.
Os moderadores do workshop, cuja inscrição é gratuita (com um máximo de 20 participantes), são Krzysztof Candrowicz, Anna-Kaisa Rastenberger, Arianna Rinaldo, Erik Vroons. O workshop decorrerá no Porto, nos dias 15 e 16 de maio.
Entre as exposições, destaque para “Cidades na Cidade”, que se vai instalar na estação de metro de São Bento, no seguimento de uma convocatória ibérica lançada pela plataforma Ci.CLO com o apoio do BPI e da Fundação “La Caixa”, em parceria com a PHotoESPAÑA, ArtWorks e Metro do Porto. A open call desafiou artistas portugueses e espanhóis a desenvolver projetos fotográficos sobre iniciativas comunitárias urbanas no campo da justiça social e ecológica. Carlos Barradas, com o projeto de corredores verdes e saudáveis URBiNAT, promovido pela Câmara do Porto, e María Sainz Arandia, com um projeto sobre a Cabanyal Horta, em Valência (Espanha), foram os artistas selecionados para integrar este projeto colaborativo.
A Bienal Fotografia do Porto é organizada e produzida pela Plataforma Ci.CLO em coprodução com a Câmara do Porto, e financiada pela Direção-Geral das Artes, com o apoio mecenático do BPI e da Fundação ”la Caixa”, o apoio institucional da Comissão Nacional da UNESCO e uma rede de vários parceiros estratégicos a nível nacional e internacional, nomeadamente Pro Helvetia – Swiss Arts Council, Futures, Universidade do Porto, Parsons School of Design e Fotofestiwal.

Facebook
Twitter
Instagram