Alguma da mais relevante investigação científica é feita em instituições do Porto, como demonstra a presença de três académicos, que exercem a sua atividade na cidade, na lista dos cientistas mais citados a nível mundial.
O índice “Highly Cited Researchers” para 2020, elaborado pela empresa norte-americana Clarivate Analytics, distinguiu mais de 6.100 investigadores, de 60 países e regiões, em 21 áreas de investigação.
Incluídos nestes milhares encontram-se uma dezena de cientistas que tem ligação a instituições académicas portuguesas. E três deles conduzem a sua investigação no Porto.
Célia Manaia, investigadora do Centro de Biotecnologia e Química Fina da Universidade Católica Portuguesa e docente da Escola Superior de Biotecnologia; José Tenreiro Machado, do Departamento de Engenharia Eletrotécnica do Instituto Superior de Engenharia do Porto; e Manuel Simões, investigador sénior do Laboratório de Engenharia de Processos, Ambiente, Biotecnologia e Energia e docente do Departamento de Engenharia Química da Universidade do Porto, são os nomes dos três cientistas da cidade cotados entre os mais citados do mundo.
Na lista da Clarivate – empresa especializada em gestão de informação científica – figuram 26 prémios Nobel. Estados Unidos da América, China, Reino Unido e Alemanha são os países mais representados no ranking deste ano. O índice “Highly Cited Researchers” distingue desde 2001 os cientistas mais influentes a nível mundial, com base no número de citações das respetivas publicações pelos seus pares.

Facebook
Twitter
Instagram