José Palmeira, professor de Ciência Política, diz que “o que acontece é que, como o ministro explicou, esta TAP Express vai ficar entre a TAP e as ‘low cost’, o que significa que o passageiro, se calhar, vai continuar a optar pelo preço mais barato do bilhete, que é das ‘low cost’ e , nesse sentido, não sabe até que ponto será competitiva esta TAP Express para o Aeroporto do Porto”.
“Não sei até que ponto

Facebook
Twitter
Instagram