O autoproclamado Presidente interino da Venezuela denunciou nas redes sociais a presença dos agentes.

A casa do autoproclamado Presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, está cercada por agentes das forças especiais venezuelanas. A denúncia é feita pelo próprio através do Twitter, colocando a responsabilidade em Nicolás Maduro pela integridade da filha.
Juan Guaidó realizou esta quinta-feira uma conferência de imprensa, onde já tinha anunciado a presença de agentes da polícia na sua moradia. “A FAES está em minha casa e perguntaram pela Fabiana (a sua mulher”, disse o Presidente interino venezuelano, que acusou de imediato a ditadura chavista do ato. “Neste momento, a ditadura acha que nos vai amedrontar.”

Facebook
Twitter
Instagram