A 5.ª edição de Plateau – Festival Internacional de Cinema da Praia, arranca hoje, na capital de Cabo Verde, estando agendado um vasto programa de filmes em competição, projeção de obras e debates.

“O Chá do General” (Melhor Filme de Ficção curta-metragem, Brasil), “Alegoria da Dor” (Melhor Filme Documentário curta-metragem, Brasil), “Life is Waiting, Referendum and Resistance in Western Sahara” (Melhor Filme Documentário longa-metragem, Sahara Ocidental), “HomeStay” (Prémio Revelação Nacional, Cabo Verde) e “Canhão de Boca” (Menção Honrosa, Cabo Verde) foram os filmes premiados no ano passado, tendo o júri decidido não atribuir os prémios de Melhor Longa-metragem de Ficção, Melhor Filme de Ficção Cabo-verdiano e Melhor Documentário Cabo-verdiano.
Conforme nota da organização, além da secção competitiva, serão exibidos filmes em outras localidades do município da Praia, nomeadamente São Francisco, São Tomé, Trindade, São Martinho, dentro da secção chamada de PlateauZona. Também serão exibidos filmes na secção especial para crianças, o Plateauzinho.
“Como já é habitual, o festival apresenta um leque de opções formativas, sejam master classes, oficinas ou palestras, com os realizadores e produtores convidados do festival”.
A organização e produção do Plateau – Festival Internacional de Cinema da Praia resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal da Praia, o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, a Associação Cabo-Verdiana de Cinema e Audiovisual e a produtora Txan Films.

Facebook
Twitter
Instagram