“Des vignes et des hommes”, um documentário que redescobre o vale do Douro, o rio, as gentes, o #vinhodoporto e os segredos, com os olhos do mundo! Elaborado no âmbito da exposição DOURO: L’AIR DE LA TERRE AU BORD DES EAUX, patente na La Cité du Vin, em Bordéus, até Janeiro de 2019.

Véronique Lemoine, responsável pela rota da exposição, e Guillaume Peres, da Grand Angle Productions, apresentam esta iniciativa dedicada a promover a história e a cultura do vinho. Um belo projeto de cooperação e sinergia inteligente entre uma emissora de TV, um produtor audiovisual e uma instituição “museu”.
Cada vinhedo do mundo vem de uma aliança entre o trabalho do homem e seu ambiente natural. Dos atóis polinésios aos Grandes Lagos do Canadá a Kakhetia na Geórgia, as ilhas vulcânicas de Lanzarote e a Província do Cabo na África do Sul, esta série explora a diversidade e a riqueza da vinha, tanto no solo quanto no céu. . A série de documentários em 20 episódios“vinhas e homens” cruza os campos da geografia, biologia, hidrologia, história e artes relacionadas com a civilização das vinhas, iluminados por homens que cultive e estude.

Série de documentários de Sarah Carpentier, Pierre Goetschel, Herlé Jouon, Gil Kebaïli, Eric Michaud, Vincent Perazio e Pascal Vasselin.
Coprodução: ARTE France, Grand Angle Productions, Fundação para a cultura do vinho e civilização, apoiada pela Região da Nova Aquitânia, em parceria com o CNC (2017, 20x26mn).

Facebook
Twitter
Instagram