Segundo os dados do ‘World Gold Council’, Portugal ocupa o 14.º lugar e tem 382,5 toneladas em ouro, que correspondem a 66,3% do total de reservas do país.

Três países de língua oficial portuguesa integram a lista do ‘World Gold Council’ das maiores reservas de ouro em 2018, totalizando 454,2 toneladas que valem, segundo cálculos da Lusa, mais de 15.000 milhões de euros.
O Brasil, em 42.ª lugar, possui 67,3 toneladas o equivalente a 0,7% de reservas em ouro. Na 86.º posição, Moçambique detém 4,4 toneladas de ouro que correspondem a 5,2% do total de reservas do país.
Tendo em conta a cotação média de setembro, só as reservas destes três países totalizam 17.500 milhões de dólares (15.300 milhões de euros).
A estes dados somam-se as cerca de 19 toneladas de ouro, no valor de quase 690 milhões de euros, que, segundo o último relatório e contas do Banco Nacional de Angola, estavam, no final de 2017, à guarda do banco central angolano.

 

Facebook
Twitter
Instagram