Uma biografia do jornalista e escritor Ryszard Kapuscinski, autor de “Mais Um Dia de Vida-Angola 1975”, em que colige reportagens realizadas entre o 25 de Abril de 1974 e a independência angolana, é publicada hoje.

A biografia, intitulada “Kapuscinski – Uma Vida”, é de autoria do jornalista Artur Domoslawski, que se lançou “na complicada tarefa de desentranhar as chaves que rodearam a obra e a vida deste homem famoso que elevara a reportagem à categoria da literatura” afirma em comunicado a editora Assírio & Alvim, que chancela a obra.
Segundo a mesma fonte, Artur Domoslawski, autor de várias obras e jornalista na revista semanal polaca Polityka, “percorreu e investigou, sem falsos pudores, mas com grande respeito, as relações deste com o regime comunista polaco, os casos da sua vida privada e até que ponto são fiáveis os dados que ele apresenta nas obras”.
Entre outras obras de Kapuscinski, que recebeu, em 2003, o Prémio Príncipe das Astúrias de Comunicação e Humanidades, estão “O Império”, no qual reuniu reportagens da viagem à ex-União Soviética entre 1989 e 1991, e “O Imperador – a queda de um autocrata”, na qual relata os últimos anos de Governo de Hailé Selassié (1892-1975), da Etiópia.

Facebook
Twitter
Instagram