Há estudantes da Universidade do Porto que têm de dormir em carros e estações de comboio para irem às aulas.

Várias dezenas de estudantes pernoitaram na Praça Gomes Teixeira, no Porto, para denunciar a situação precária em que muitos vivem. “Governo, escuta, os estudantes em luta”, gritaram em plena baixa da cidade, entre tendas e faixas com palavras de ordem.
A denúncia é da Federação Académica, que teme que os elevados preços das casas levem a um aumento do abandono escolar. O Ministro do Ensino Superior garante que a Universidade do Porto está a resolver o problema.

Facebook
Twitter
Instagram