As autoridades portuguesas, em cooperação com o Ministério Público Federal (MPF) brasileiro, realizaram buscas e apreensões esta terça-feira em Portugal.

As buscas foram feitas em moradas associadas ao operador financeiro Ildeu de Miranda, no âmbito da operação Lava Jato.
Segundo um comunicado do MPF, as buscas foram realizadas “a partir de um pedido de cooperação internacional” das autoridades brasileiras e hoje “o Ministério Público de Portugal obteve autorização judicial e cumpriu hoje cinco mandados de busca e apreensão em endereços, em Lisboa, ligados ao operador financeiro Mário Ildeu de Miranda”.
“Na madrugada desta terça-feira, 25 de setembro, foi deflagrada a 54ª fase da Operação Lava Jato, a segunda etapa realizada no exterior” e em Portugal, salientam as autoridades brasileiras.

Facebook
Twitter
Instagram