As exportações de têxteis e vestuário portugueses para a China aumentaram 62 por cento para 29 milhões de euros na primeira metade deste ano, em comparação com o mesmo período de 2017, segundo a Associação de Têxtil e Vestuário de Portugal (ATP).

A ATP sublinhou que a China é mesmo o destino que registou o terceiro maior crescimento absoluto, com 11 milhões de euros, atrás da Itália e dos Países Baixos.
Portugal exportou têxteis e vestuário no valor de 2,7 mil milhões de euros na primeira metade de 2018, um aumento de 2 por cento em relação a igual período do ano passado.
Portugal registou nos primeiros seis meses deste ano um saldo positivo de 623 milhões de euros neste setor, com as exportações a ultrapassar em 30 por cento as importações.

 

Facebook
Twitter
Instagram