Este ano vai haver menos produção de vinho na Região Demarcada do Douro.

Entre o granizo, o calor extremo e as doenças da vinha são muitos os fatores que levaram à quebra na produção.
Previsões iniciais do Instituto do Vinho e da Vinha apontavam para um quebra de produção de vinho a rondar os 3% este ano em Portugal. Mas o mais certo é que a diminuição venha a ser maior devido ao clima e a doenças da primavera.

Facebook
Twitter
Instagram