Os Mossos de Esquadra abateram a tiro, esta manhã de segunda-feira, um argelino de 29 anos que entrou armado com uma faca numa esquadra de polícia em Cornellà de Llobregat, na província de Barcelona.
 

A tentativa de ataque foi comunicada por este corpo de polícia catalã na rede social Twitter, escrevendo que “um homem armado com uma faca acedeu de manhã à esquadra de polícia de Cornellà com o intuito de atacar os agentes de polícia. O agressor foi abatido a tiro. Estes factos ocorreram alguns minutos antes das 6 da manhã”.
Ainda não surgiram mais detalhes quanto a este ataque, pelo que os Mossos de Esquadra prometeram conduzir uma investigação para “determinar as circunstâncias exatas” do crime e “as suas motivações”.
Segundo o El País, o homem, que gritou Allahu Akbar (“Alá é grande”) ao entrar no edifício, era um argelino de 29 anos detentor de um número de identificação conferido a cidadãos não-espanhóis no país – NIE (Número de Identificación de Extranjero).Esta ocorrência deu-se apenas três dias depois do primeiro aniversário dos atentados terroristas em Cambrils e em La Rambla, que a 17 de agosto do ano passado fizeram 16 mortos e 150 feridos.
Facebook
Twitter
Instagram