Benefícios à Sport TV aprovados pelos clubes com a oposição dos dragões e Benfica.

O FC Porto não tomou qualquer posição oficial sobre o tema, mas o facto é que apresentou uma providência cautelar em tribunal no sentido de anular os efeitos do novo regulamento de competições (RC) da Liga, nomeadamente nos pontos que entende constituírem benefícios à Sport TV como operador titular dos direitos de transmissão de 17 clubes, sendo o Benfica a única exceção.
Os dragões discordam, como exemplo de maior relevo, da instituição de uma ‘superflash’ em pleno relvado, uma novidade que ficou consagrada no artigo 90º do RC, mas também de pontos como o do artigo 94º, que em algumas condições impõe o acesso a treinador e jogadores para entrevistas antes da realização das jornadas. Os azuis e brancos pretendem proteger conteúdos que entendem dever ficar restritos à égide do Porto Canal , bem como do canal online FC Porto TV, que está a ser colocado em marcha.

Facebook
Twitter
Instagram