Portugal e Brasil assinaram recentemente, em Lisboa, um acordo que visa reforçar a cooperação entre os dois países, em matéria de inovação. O objetivo é fortalecer o desenvolvimento económico e social.

O detentor da pasta da Economia em Portugal, Manuel Caldeira Cabral, reuniu recentemente em Lisboa com o ministro Brasileiro da Indústria, Comércio Externo e Serviços, Marcos Jorge de Lima, para formalizar este acordo de entendimento, que versa sobre cooperação em inovação e empreendedorismo.
A relação de cooperação entre Portugal e o Brasil tem proporcionado uma troca de experiências e know-how entre os dois países, principalmente na área de startups e a chamada indústria 4.0.
Portugal tem vindo a reforçar a sua agenda no que diz respeito à indústria 4.0, isto é, a indústria na área das tecnologias que promove o aparecimento de novos negócios, um tema também abordado neste acordo luso-brasileiro.
A ideia é «aumentar a competitividade dos dois países e contribuir para a internacionalização de empresas e startups, proporcionando oportunidades e benefícios mútuos».
Neste âmbito, vai ser lançada uma versão luso-brasileira do programa Conexão Startup Indústria, direcionado para empresas portuguesas e brasileiras.O protocolo de cooperação foi também assinado pela secretaria de Estado da Indústria de Portugal e pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). A reunião contou ainda com a participação de Fernando Quintas, da Rede Externa e Institucionais da AICEP, da Gestora do Desenvolvimento Tecnológico da ABDI, Cyntia Araújo Nascimento, do coordenador da Área Internacional da ABDI, Leonardo Reisman, e da analista da ABDI Isabela Gaya.

Facebook
Twitter
Instagram