O Porto e mais sete cidades europeias vão financiar com mais de três milhões de euros novas soluções e aplicações inteligentes que respondam a desafios vividos em contexto urbano. Nesse sentido, está a decorrer uma “open call” destinada aos empreendedores europeus. Dar a conhecer a iniciativa aos potenciais candidatos é o objetivo de uma sessão a realizar-se no Porto na próxima terça-feira, 19 de junho.
A Câmara do Porto, através da Associação Porto Digital, desenvolve atualmente uma ampla e ambiciosa estratégia de digitalização da cidade que pretende expandir os serviços baseados na infraestrutura tecnológica já existente.Ao encontro deste desígnio, une-se a Manchester, Helsínquia, Milão, Antuérpia, Carouge, Santander e Eindhoven neste novo desafio.
Os projetos a candidatar devem tirar proveito da plataforma Synchronicity, através da qual se pretende desenvolver um mercado global de IoT (Internet das coisas), no qual cidades e empresas desenvolvem serviços digitais com elevado enfoque na melhoria da vida dos cidadãos e das economias locais.
A sessão no dia 19 terá lugar no Gabinete do Munícipe e é de participação gratuita, com inscrição prévia. Destina-se a responsáveis de PME que possam implementar soluções de IoT que tenham já sido demonstradas, assim como a outras cidades que tenham interesse em fazer parte deste ecossistema.
Neste encontro será apresentado o projeto Synchronicity, as condições para candidatura e o modo de implementação dos projetos vencedores, mas também os desafios do Porto para os quais deverão ser apresentadas soluções.
Facebook
Twitter
Instagram