São 55 obras que compõem a exposição “Processos em Trânsito/Livros de Artista”. Souto Moura, Julião Sarmento, o brasileiro Arnaldo Antunes são nomes presentes com obras expostas pela primeira vez.

O livro branco, fixado na parede é da brasileira Mónica Rubinho e parece um acordeão; à frente vemos um desdobrável com desenhos de Álvaro Siza Vieira, as folhas são contracoladas manualmente e aberto tem cerca de três metros de comprimento.
São 55 obras que compõem a exposição “Processos em Trânsito/Livros de Artista”, Sobral Centeno é o curador desta mostra que chega a Matosinhos depois de ter estado em Salvador da Bahia, no Brasil.
A repórter Rute Fonseca visitou a exposição “Processos em Trânsito/Livros de Artista”.
“Processos em trânsito” reúne trabalhos artistas portugueses e brasileiros, nomes como Eduardo Souto Moura, Pedro Cabrita Reis, Julião Sarmento, Albuquerque Mendes. Livros de Artista, obras autónomas e que ganharam dimensão estética.
Os livros/ obras de arte ocupam o átrio da Câmara Municipal de Matosinhos. À entrada uma vitrina em vidro alta, guarda um livro de Eugénio de Andrade numa capa especial, em granito.

Facebook
Twitter
Instagram