Alexis Kohler, braço direito do presidente Emmanuel Macron, é visado por suspeitas de “tráfico de influência” e “corrupção passiva” apontadas pela associação Anticor, disseram à France Presse fontes ligadas à organização.

Alexis Kohler, braço direito do presidente Emmanuel Macron, é visado por suspeitas de “tráfico de influência” e “corrupção passiva” apontadas pela associação Anticor, disseram à France Presse fontes ligadas à organização.
A associação anticorrupção Anticor denuncia supostas ligações entre familiares do secretário-geral do Palácio do Eliseu, Alexis Kohler, com o armador suíço MSC, um importante cliente dos estaleiros navais franceses de Saint-Nazaire.
Facebook
Twitter
Instagram