Mais de 60 espécies extintas ou em vias de extinção estão em exposição na Alfandega do Porto.

Uma exposição que se estreia em Portugal vinda diretamente de Londres.
Até 8 de outubro, a Alfândega do Porto é palco de animais como o golfinho de Baiji, extinto em 2006, mas também como a tartaruga-de-couro, designada como fóssil vivo, habitando no planeta há mais de 110 milhões de anos, ultrapassando extinções em massa, havendo ainda espaço também para fragmentos de um meteorito.

Facebook
Twitter
Instagram