Dragões defrontam o Illiabum, em Ílhavo, no Jogo 3 dos “quartos” dos Playoffs da Liga (sexta-feira, 21h00).

Depois de duas vitórias nos dois jogos disputados no Dragão Caixa (102-92 e 94-75), o FC Porto está a (mais) um triunfo de reservar lugar nas meias-finais dos Playoffs da Liga Portuguesa de Basquetebol. Na antevisão do Jogo 3 frente ao Illiabum, que se disputa esta sexta-feira (21h00, Porto Canal), no Pavilhão Municipal Capitão Adriano Nordeste, em Ílhavo, Moncho López sublinhou que os Dragões têm “um adversário muito competente pela frente”, mas elogiou a forma como a equipa tem percebido o “que é preciso para vencer”.

Manter o ritmo e a qualidade
“Estamos preparados para um jogo muito difícil. Há que pensar que isto não vai ser cada vez mais fácil, bem pelo contrário. Temos um adversário muito competente pela frente, mas também é verdade que nos sentimos bem e que temos conseguido perceber durante os jogos aquilo que é preciso para vencer. Temos construído bem as vitórias durante os 40 minutos. Queremos repetir o que temos feito bem e melhorar o que não temos feito tão bem.”

Agressividade e intensidade
“Temos a etiqueta de favorito, como é lógico, pois somos o FC Porto. Sentimos essa responsabilidade, mas outros também gostam de nos atribuir esse favoritismo. O Illiabum é uma equipa forte, agressiva e que não tem problemas em fazer muitas faltas. Temos de ser capazes de jogar com essa dureza e aguentar a agressividade do adversário. Temos de manter um nível de intensidade muito elevado ao longo de todo o jogo.”

Bom momento e boa forma
“Ao longo da época, tenho gostado muitas vezes do estado de forma da equipa. Temos chegado bem a momentos importantes em alguns jogos, mas uns vencem-se e outros não. Na segunda fase do campeonato fomos recuperando alguns jogadores e melhorando o entrosamento da equipa, e estamos a jogar bem dentro daquilo que são os Playoffs. Estamos bem e estou contante, mas isso não me deixa tranquilo.”

Facebook
Twitter
Instagram