Trata-se de um grupo de alunos mais velhos que se autodesgraduaram contra atitudes e medidas disciplinares de oficiais do corpo de alunos.

O Colégio Militar vive momentos de instabilidade. Segundo o “Diário de Notícias” deste domingo, esta escola do Exército suspendeu 19 alunos preventivamente, a um mês dos exames.
São alunos que se autodesgraduaram em protesto contra atitudes e medidas disciplinares de oficiais do corpo de alunos.
Dezanove alunos graduados, alunos mais velhos que têm como missão acompanhar e enquadrar os mais novos nas actividades do colégio, entregaram as graduações.

Facebook
Twitter
Instagram