Está aí a sétima edição do Spring On – Rito da Primavera, ciclo em que a Casa da Música reúne algumas das propostas mais desafiantes do jazz atual, privilegiando os projetos de jovens músicos europeus.

 Entre esta quinta-feira e domingo, o Spring On leva ainda mais longe a ousadia de apreciar o jazz e dá particular destaque à vertente da improvisação. Para tal, apresenta formações cujas referências podem “distanciar-se mais ou menos da tradição do jazz, para se atravessarem sem qualquer pudor pelas sonoridades do rock, da eletrónica, das músicas tradicionais ou das novas tendências urbanas”.
O programa começa às 22 horas de quinta-feira com um concerto de entrada livre pelo trio B-Mesmo, cujo trabalho assenta em canções das mais inesperadas proveniências, desde melodias populares judaicas a temas como “São Jorge”, do brasileiro Kiko Dinucci, ou “Dolcenera”, do italiano Fabrizio De André. O contrabaixista Walter Areia junta-se neste projeto a Elena La Conte (flauta e voz) e Kristina Van de Sand (violino e voz), apresentando arranjos originais que transpiram multiculturalidade.
Facebook
Twitter
Instagram