Uma lusodescendente está entre os feridos no atropelamento de segunda-feira em Toronto, no Canadá, que fez 10 mortos.

Mavis Justino é um dos 15 nomes referidos no acidente, segundo um documento judicial de acusação do suspeito da tentativa de homicídio.
Um juiz de Toronto decidiu na terça-feira levar a julgamento Alek Minassian, que não apresentou qualquer recurso nem contestou nenhuma das acusações e terá de comparecer em tribunal, para julgamento, em 10 de maio próximo.
O atropelamento mortal ocorreu quando Toronto acolhe uma reunião dos ministros da Segurança Pública do G7, depois de ter sido o anfitrião, durante o fim de semana, da reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros dos sete países mais industrializados do mundo (Estados Unidos, Japão, Alemanha, França, Reino Unido, Itália e Canadá).

Facebook
Twitter
Instagram