Os profissionais de saúde foram os que mais beneficiaram dos patrocínios da indústria financeira. Para a Ordem dos Médicos, os valores são elevados, mas não põem em causa a independência.

Os profissionais de saúde foram os que mais beneficiaram dos patrocínios da indústria financeira. Nos últimos três anos, médicos, farmacêuticos, enfermeiros e dentistas receberam 112 milhões de euros, ou seja, mais de metade do total de patrocínios registado pelo Infarmed. Para o bastonário dos Médicos, os valores são elevados, mas Miguel Guimarães garante que não colocam em causa a independência das decisões tomadas pelos profissionais.
Para o bastonário da Ordem dos Médicos, são valores muito elevados. Mas Miguel Guimarães garante que não colocam em causa a independência das decisões tomadas pelos profissionais, sublinhando que é a única área onde tem de se declarar publicamente ao Infarmed os apoios que recebem. Além disso, o bastonário acusa o Governo de entregar a investigação e formação dos médicos quase exclusivamente à indústria farmacêutica, o que, na sua opinião, não faz sentido.

Facebook
Twitter
Instagram