As candidaturas para a ClimateLaunchpad estão abertas até 8 de abril. A competição, organizada pelo Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) e a Sociedade Portuguesa de Inovação (SPI), vai distribuir 17 mil euros pelos vencedores. Ao ClimateLaunchpad podem concorrer ideias de negócio cleantech, relacionadas com energias renováveis, eficiência energética, agricultura, água, transportes, tecnologia industrial, entre outros.

De acordo com uma nota de imprensa enviada às redações, as candidaturas selecionadas “vão receber apoio na gestão e validação da ideia de negócio, preparação para pitch e acesso à rede internacional de contactos do ClimateLaunchpad”. Além disso, vão poder frequentar um bootcamp de dois dias com um formador certificado, participar em sessões de mentoria e apresentar o negócio a um painel de especialistas nacionais e internacionais.
Esta é a terceira vez consecutiva que o UPTEC e a SPI promovem a competição em Portugal. “Nos últimos dois anos, a qualidade das ideias tem crescido e temos uma rede de parceiros cada vez mais alargada. A final internacional é o local certo para expandir redes de contactos e conhecer, conversar e trocar ideias com parceiros vindos dos mais de 35 países participantes.” afirma Cláudia Ribeiro da Silva, Tech Business Developer do UPTEC, em nota de imprensa.
A final nacional terá lugar no dia 7 de Junho, no UPTEC. Dos 17 mil euros disponíveis, 10 mil vão ser dados ao vencedor da competição. O segundo e terceiro lugares vão ter um prémio de 5.000 e 2.500 euros, respetivamente. A final internacional vai decorrer em Novembro em local ainda a definir.
Em 2017, esta iniciativa recebeu cerca de 1000 candidaturas de 35 países. Desde a primeira edição, já se candidataram mais de 2.500 ideias e 111 startups receberam investimento externo que ultrapassou os 15 milhões de euros.

Facebook
Twitter
Instagram