Joss Stone é a mais recente confirmação do cartaz deste ano do festival MEO Marés Vivas, que vai decorrer na Antiga Seca do Bacalhau, em Gaia, de 20 a 22 de julho.

Segundo a PEV Entertainment, organizadora do festival, a britânica vai subir ao palco no dia 22 de julho, “quatro anos depois de um concerto que deixou saudades”.
“Joss Stone aterra no festival de Vila Nova de Gaia após assumir perante o mundo a missão de cantar e atuar em todos os países da ONU como parte do seu ‘Total World Tour’. Será um concerto muito especial, onde toda a carreira de 12 anos da artista e os seus mais recentes projetos serão tocados”, acrescentou a PEV Entertainment.
“Tendo já tocado em mais de 130 países para milhares de fãs de todas as raças, religiões e origens, Joss Stone tem como objetivo juntar as pessoas usando a sua música como linguagem universal e mostrar assim que nenhum país ou pessoa é mais importante do que o outro”, referiram os responsáveis pelo MEO Marés Vivas.
Joss Stone junta-se, assim, a nomes como os portugueses D.A.M.A. e Richie Campbell. E ao britânico Jamiroquai, que atuará sexta-feira dia 20 de julho, dia em quem também subirão ao palco principal os norte-americanos Goo Goo Dolls.
Rita Ora é outro dos grandes nomes já assegurados na edição deste ano do MEO Marés Vivas, além de David Guetta e dos Kodaline.
O MEO Marés Vivas terá como cenário a Antiga Seca do Bacalhau, depois de várias edições realizadas na praia do Cabedelo.
“A Antiga Seca do Bacalhau é um recinto que permite duplicar de 20 para 40 mil pessoas por dia a lotação do festival”, prevê a organização.
Os bilhetes para o festival, que já se encontram à venda, têm um custo de 35 euros para um dia e de 65 euros para os três dias. O passe VIP pode ser adquirido pelo valor de 150 euros.

Facebook
Twitter
Instagram