No passado domingo, 25 de fevereiro, no quartel dos Bombeiros Voluntários de Lordelo, foi inaugurado o posto de emergência Médica (PEM) pelo secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo. A ambulância do INEM foi benzida pelo administrador da Diocese do Porto, D. António Taipa.

“Esta nova ambulância reforça a capacidade de socorro da corporação para dar respostas às necessidades de cuidados pré-hospitalares da população, potencializando a assistência médica pré-hospitalar a situações de acidente ou doença súbita. Apadrinhar esta ambulância é um momento de grande simbolismo”, afirmou o Secretário de Estado Adjunto e da Saúde.
O posto de emergência médica do INEM em Lordelo é uma ambição antiga concretizada agora também “muito graças ao empenho deste Executivo liderado por Alexandre Almeida”, frisou o governante.
Na cerimónia, Alexandre Almeida, presidente da Câmara Municipal de Paredes, felicitou os bombeiros de Lordelo, bem como todos os operacionais do Concelho, num dia que “tem um significado especial e representa muito para a Associação Humanitária dos Bombeiros de Lordelo e para a população que irá ser servida pelo posto de emergência médica do INEM. Esta nova ambulância de socorro será colocada ao serviço de Lordelo e de parte das freguesias de Vilela e Duas Igrejas. A viatura de emergência vem corresponder às necessidades operacionais desta zona, onde já se justificava um posto de emergência médica pelo volume de urgências registadas. Estamos a falar de um serviço para socorrer um universo de mais de 20 mil pessoas”, sublinhou o autarca.
Segundo o presidente da Assembleia Geral da corporação de Lordelo e também Vice Presidente da Câmara de Paredes, Francisco Leal, esta ambulância “é o concretizar de um sonho dos bombeiros de Lordelo e é, sem dúvida, uma mais-valia que vai reforçar a capacidade de socorro à população”, reforça o presidente da Assembleia Geral da instituição.
Francisco Leal frisou, ainda, que “a ambulância obrigou a dar mais formação aos bombeiros que vão manter o funcionamento da viatura 24 horas por dia. Ao todo 31 elementos da corporação fizeram o curso de Tripulante de Ambulância de Socorro – TAS num investimento”.
Para o presidente da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros de Lordelo, Miguel Ferreira, “a nova ambulância era uma reivindicação antiga que esta nova direção concretizou com muito esforço. A viatura do INEM é capaz de corresponder às necessidades da nossa zona operacional, pelo grande volume de urgências já se justificava este Posto de Emergência Médica”.
A corporação de Lordelo é dirigida pelo comandante José Freitas que, no ano passado a teve 1.309 urgências e, este ano, até ontem foram registadas cerca de 230 urgências. Recorde-se que os Bombeiros de Lordelo servem a freguesia com o mesmo nome e ainda parte das freguesias de Vilela e Duas Igrejas.
O Concelho de Paredes vê, assim, reforçada a capacidade de socorro com o PEM de Lordelo que se junta aos Postos de Emergência Médica de Baltar, Paredes e Rebordosa.
Na cerimónia estiveram o administrador da Diocese do Porto, D. António Taipa, o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, do presidente do Conselho Diretivo do INEM, Luís Meira, o presidente da ARS Norte, Pimenta Marinho, o presidente da Câmara Municipal de Paredes, Alexandre Almeida, os vereadores Elias Barros, Beatriz Meireles e Paulo Silva, os presidentes de Junta de Lordelo, Vilela e Duas Igrejas, entre outras entidades.

Facebook
Twitter
Instagram