As Áreas Metropolitanas do Porto e de Lisboa querem gerir os bairros que atualmente estão na alçada do Instituto da Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU) e da Segurança Social, disseram ontem os presidentes das entidades metropolitanas.

Em Vila Nova de Gaia, distrito do Porto, após a reunião preparatória para a Cimeira das Áreas Metropolitanas do Porto e Lisboa que vai decorrer a 27 de março, Fernando Medina, que preside à estrutura metropolitana lisboeta, revelou que passar a gerir todo o edificado social é uma das propostas que será apresentada ao Governo.
Atualmente existem três realidades no que se refere à gestão de bairros. Além dos geridos pelo IHRU, existem empreendimentos geridos pela Segurança Social e outros geridos pelas autarquias, os chamados “fogos municipais”.
As Áreas Metropolitanas do Porto e de Lisboa decidiram reunir, estando a preparar uma proposta de descentralização de competências para apresentar ao Governo.
O documento que está a ser definido contém, para além do dossiê relativo ao edificado social, questões na área da saúde, educação e transportes, entre outros aspetos.

Facebook
Twitter
Instagram