Dragões levaram a melhor sobre os açorianos, por 100-65, na 19.ª jornada da primeira fase do campeonato.

O FC Porto recebeu e venceu este sábado o Lusitânia (100-65), no Dragão Caixa, em partida referente à 19.ª jornada da primeira fase da Liga Portuguesa de Basquetebol. Os azuis e brancos passam agora a somar 33 pontos e mantêm a terceira posição, a dois do Benfica e a um da Oliveirense, primeiro e segundo classificados, respetivamente.
É justo referir que o Lusitânia perdeu Pedro Catarino, um dos seus jogadores mais influentes, ainda no primeiro período, mas o FC Porto foi indiscutivelmente mais forte ao longo dos 20 minutos iniciais. Os azuis e brancos estiveram bem nos dois lados do campo e aproveitaram a inspiração de Marcus Gilbert (19 pontos) e Will Sheehey (10 pontos) para estabelecer 19 pontos de diferença ao intervalo (46-27).
Mesmo com uma vantagem folgada no marcador, o FC Porto não diminuiu o ritmo nem a intensidade e a diferença foi aumentando com o desenrolar do encontro, chegando aos 31 pontos à entrada para o último período (75-44), que se revelou quase uma mera formalidade. No coletivo portista, Marcus Gilbert esteve com a mão a ferver e apontou 40 pontos, 30 dos quais da linha de triplo (10/14).
“Jogámos contra uma equipa que já vencemos duas vezes esta época, mas estivemos muito bem. Foi uma semana dura, a pensar no futuro, na qual fizemos dois jogos de preparação exigentes. Em virtude disso, tentámos fazer uma gestão do esforço dos atletas e todos estiveram bem e fizeram coisas positivas”, afirmou Moncho López, no final da partida, em declarações ao Porto Canal.

FICHA DE JOGO

FC PORTO-LUSITÂNIA, 100-65
Liga Portuguesa de Basquetebol, fase 1, 19.ª jornada
17 de fevereiro de 2018
Dragão Caixa, Porto

Árbitros: Paulo Marques, Nuno Monteiro e António Pereira

FC PORTO: Pedro Bastos (3), Marcus Gilbert (40), António Monteiro (6), Will Hanley (4) e Sasa Borovnjak (9)
Suplentes: Will Sheehey (15), André Bessa, Miguel Queiroz (6), Pedro Pinto (2), Ferrán Ventura (9) e Miguel Miranda (6)
Treinador: Moncho López

LUSITÂNIA: Pedro Catarino (2), Miguel Freitas (11), Edson Rosário, Timajh Parker-Rivera (17) e Brandon Garrett (26)
Suplentes: Dominique Coleman, Hugo Sotta (2), Josué Pereira, Joaquim Pires (2) e Pedro Matos (5)
Treinador: Iñaki Martin

Ao intervalo: 46-27
Parciais: 23-16, 23-11, 29-17, 25-21

Facebook
Twitter
Instagram