A Maia vai receber, no próximo dia 23, a Assembleia Geral do Eixo Atlântico, que prevê na sua agenda entre outras matérias, o lançamento do debate sobre a Agenda Urbana para o sistema urbano da euro-região Galiza-Norte de Portugal. 
O Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular é uma associação transfronteiriça de municípios, criada em 1992, com o apoio da Comissão Europeia, que integra as 37 principais cidades da Euro-região Galiza-Norte de Portugal, configurando o seu sistema urbano. É uma entidade sem fins lucrativos que se dedica a apoiar todas aquelas iniciativas que fomentem a cooperação transfronteiriça.
Ao longo dos anos, o Eixo Atlântico consolidou-se como uma referência da cooperação na Europa, tendo contribuído para a estruturação e modernização do Sistema Urbano da Euro-região Galiza-Norte de Portugal, através de um conjunto de ações muito inovadoras e de grande valor acrescentado, promovidas individual ou conjuntamente com outras instituições.
O Eixo Atlântico é o único sistema urbano euro-regional estruturado, de natureza transfronteiriça, na União Europeia. O seu objetivo principal é a coesão e a estruturação e modernização do seu sistema de cidades, mediante o desenvolvimento de programas em rede, e fomentando a cooperação, o intercâmbio de informação e o planeamento estratégico conjunto.
De natureza marítima e periférica conta com uma importante rede de comunicações, em constante crescimento, quatro aeroportos internacionais e três aeródromos, 7 grandes portos e uma rede de alta velocidade ferroviária em construção. Conta, também, com 12 universidades de muito prestígio, três grandes parques tecnológicos.
Facebook
Twitter
Instagram