Ponta-esquerda projetou a deslocação a Avanca, “uma das mais difíceis do campeonato” (este sábado, 16h00).

A 23.ª jornada da primeira fase do Andebol 1 leva o FC Porto este sábado até ao Pavilhão Adelino Dias da Costa, para defrontar aquela que é, até ao momento, a equipa-sensação do campeonato, o Avanca, atual quinto classificado do campeonato, com 49 pontos, menos dez do que os Dragões, que ocupam a segunda posição. Na antevisão do jogo que tem início às 16h00 e que terá transmissão em direto no Porto Canal, José Carrillo avisa que os portistas não poderão “facilitar em nenhuma ação do jogo desde o apito inicial” frente a um adversário com “jogadores de muito talento” naquela que é “uma das deslocações mais difíceis do campeonato”.

Uma deslocação difícil
“É sempre complicado jogar em Avanca, é das deslocações mais difíceis do campeonato, pelo que não podemos facilitar em nenhuma ação do jogo desde o apito inicial.”

A defesa
“A base para conquistar vitórias é defender bem em cada jogo. Nesse aspeto do jogo estamos a conseguir o que queremos, mas temos que ser mais incisivos nos momentos do jogo em que nos podemos distanciar no marcador.”

Os perigos do adversário
“O Avanca tem jogadores de muito talento, jovens com muito futuro, como é o caso do lateral esquerdo, Reinier Dranquet, que é dos melhores marcadores do campeonato, ou do central Diogo Oliveira.”

Facebook
Twitter
Instagram