Um bebé de 15 dias teve de ser institucionalizado no Porto por alegada negligência dos pais.

O recém-nascido foi entregue pela mãe de 23 anos a uma tia, mas dias depois, perante a intenção da irmã em reaver o filho, a familiar decidiu chamar as autoridades.

Facebook
Twitter
Instagram